15 de março de 2019

Os Chatbots também participam na educação

Num mundo em constante inovação, a educação e a tecnologia devem andar de mãos dadas. Graças à inteligência artificial e aos robots, a forma de servir os estudantes está a mudar. Por causa disso, hoje em dia os "chatbots" também participam da educação.

Os institutos e universidades que dependem de chatbots já estão experimentando resultados surpreendentes. Quer saber como eles beneficiam a comunidade educativa?

O que pensam os alunos?

As ferramentas digitais de aprendizagem (DLT) são excelentes aliados quando se trata de automatizar consultas e otimizar o tempo.

79% dos estudantes universitários inquiridos pelo Statista acreditam que os DLTs ajudam os professores e seus assistentes a serem mais eficazes e eficientes durante as aulas. Por outro lado, 78% pensam que estes instrumentos permitem o equilíbrio entre a vida pessoal e académica. Finalmente, 81% acreditam que as tecnologias ajudam a melhorar as notas.

Com estas estatísticas em mente, incorporar o Serviço de Alunos automatizado na vida diária dos alunos é fundamental.

A Universidade Siglo 21 dá um exemplo neste assunto. Com mais de 50.000 alunos, eles entendem que os chatbots são a única maneira de fornecer o mesmo serviço de alta qualidade a todos eles.

Se a experiência dos alunos melhorar no início da sua carreira, o seu desejo de estudar e aprender irá aumentar. Assim, eles começarão a sua vida profissional com o pé direito.

Artigo relacionado: Inteligência Artificial para o Serviço Estudantil: um assistente virtual na universidade

Os chatbots vão ser os novos tutores?

Não podíamos afirmar isso. Talvez, no futuro, os bots possam vir a ser os novos professores virtuais. O que podemos dizer é que os "chatbots" inteligentes serão os assistentes que todos os estudantes e instituições de ensino gostariam de ter.

Porquê? Porque os Millennials são a maioria entre os registados. Eles vivem hiperligados e o seu comportamento é moldado pela tecnologia. Se eles têm uma pergunta, eles querem que seja respondida imediatamente.

Então, o que torna os chatbots ideais para esta tarefa?

Adaptam-se ao estilo de vida dos alunos.

Seja em longas noites de estudo ou em intervalos de 5 minutos entre as aulas, os chatbots estarão lá para responder a perguntas 24 horas por dia, 7 dias por semana. Os canais de contacto tradicionais já não se adequam ao estilo de vida desta geração. Discar por telefone é tão distante quanto escrever uma carta.

A automação e o auto-serviço estão muito mais alinhados com seus gostos e hábitos. Graças a eles, eles terão a informação disponível justamente quando precisarem dela. Assim, eles podem investir seu tempo na melhoria de seu desempenho acadêmico e não esperar em filas nos escritórios administrativos.

Eles respondem a uma vasta gama de perguntas

Os alunos poderão ver horários, assuntos, datas de inscrição para exames, bolsas de estudo, métodos de pagamento, ajuda para usar as plataformas virtuais, dados de contato e muito mais. Eles terão à sua disposição toda a informação chave para ter a melhor experiência educacional.

Eles são úteis para a educação tradicional e online!

Embora possa ser óbvio, esclarecer isto é importante. Os alunos que estudam por ensino à distância vão adorar ter conversas com bots. Eles não terão mais que ligar ou enviar um e-mail toda vez que tiverem dificuldades com o campus virtual.

Ao implementar um chatbot, o contato será muito mais rápido e eficiente. Além disso, eles oferecem respostas enriquecidas com imagens, tutoriais e vídeos que ajudarão a resolver problemas mais facilmente.

Eles trabalham em canais digitais que todos conhecem.

Por que não ajudar os alunos com os aplicativos de mensagens que eles já usam todos os dias? Os Chatbots funcionam nos dispositivos e telas preferidos dos Millennials. Desta forma, eles oferecem a mesma experiência, quer sejam contactados via Facebook Messenger, SMS ou web chat. Essa é uma solução omnichannel!

Reduzir custos e otimizar recursos

Os alunos não são os únicos que ganham. Chatbots também reduzem o tempo que a seção Bedelia dedica a tarefas repetitivas e simples.

Frustração devido a atrasos nos procedimentos e esforços intermináveis foram deixados para trás. O pessoal de serviço poderá agora concentrar-se em aconselhar e orientar os estudantes. Os Bots cuidarão do resto.

Artigo relacionado: Como as novas gerações estão mudando o atendimento ao cliente?

Como começar?

Se você quer começar a implementar um chatbot na sua universidade ou instituto e gostaria de saber o primeiro passo, experimente a plataforma gratuitamente durante 14 dias. Não precisa de cartão de crédito!

Você acha que os chatbots estão aqui para revolucionar a educação?